Blog

O que precisamos fazer para tornar a clínica oftalmológica mais rentável?

26/12/2018
tornar a clínica oftalmológica mais rentável

Empreender na área de saúde é um desafio no Brasil. Apesar das boas possibilidades de lucro que esse segmento oferece, a Medicina é um ramo extremamente exigente, que demanda consonância com as melhores práticas. Por isso, saber o que é preciso fazer para tornar a clínica oftalmológica mais rentável é fundamental.

Trata-se de uma das especialidades que mais depende de equipamentos de ponta e demanda que o profissional esteja em sintonia com a vanguarda da ciência. Isso porque os nossos olhos são estruturas de alta complexidade e extraordinária importância.

Quer aprender um pouco mais sobre essa realidade? Confira o conteúdo a seguir!

O que impacta na rentabilidade na área de oftalmologia?

Um consultório médico, não importa a especialidade de seus profissionais, depende de alguns processos estratégicos para que possa apresentar lucros no final do mês. Em se tratando da área da oftalmologia, existem algumas peculiaridades que não podem ser menosprezadas, como a importância de bons equipamentos.

De qualquer maneira, nenhuma clínica sobrevive (do ponto de vista financeiro) sem um bom controle de gestão ou a adoção de práticas que minimizem os prejuízos e maximizem os ganhos. Para tanto, é preciso sincronizar o preço das consultas com um bom volume de pacientes, chegando a um montante que deixe o saldo positivo.

Como os equipamentos tecnológicos ajudam a melhorar os resultados obtidos?

Os aparelhos oftalmológicos estão no cerne desse ramo, visto que são indispensáveis para oferecer os melhores prognósticos aos pacientes. Os equipamentos contribuem para um diagnóstico preciso e até alguns tipos de tratamento ou cirurgias, dependendo das especializações do médico dentro da sua própria área.

Para os pacientes e até mesmo os concorrentes, um consultório que conta com o que há de melhor em tecnologia está na vanguarda do negócio. Isso acaba funcionando não apenas como uma estratégia natural de marketing, mas também como uma tática para aumentar a confiabilidade no profissional e melhorar sua relação com o público.

Quais são os principais aparelhos oftalmológicos usados?

Você sabe quais equipamentos são fundamentais em um consultório oftalmológico? Confira abaixo!

Unidade de refração

A unidade de refração merece figurar entre os principais equipamentos oftalmológicos. Trata-se de uma estrutura indispensável para condicionar alguns dos aparelhos que o oftalmologista utilizará ao observar os olhos e as estruturas adjacentes de seus pacientes.

Esse item pode ser acoplado a diversos outros equipamentos, sobretudo à lâmpada de fenda, ao projetor de leitura ótica e, também, à caixa de lentes de refração.

Lâmpada de fenda

A lâmpada de fenda, também chamada de biomicroscópio ocular, é um equipamento oftalmológico muito importante para os médicos oftalmologistas. Sua função principal é a de permitir a observação das seguintes estruturas em várias ampliações:

  • pálpebras;
  • escleras;
  • conjuntivas;
  • córneas;
  • íris;
  • cristalinos;
  • fundos oculares.

Esses aparelhos utilizam uma fonte de luz de alta intensidade simultaneamente a um microscópio. Os pacientes permanecem sentados, apoiando o queixo em um suporte e mantendo a cabeça imóvel, de forma que isso possibilite uma observação minuciosa do seu globo ocular.

Autorrefrator

O autorrefrator é um aparelho essencial à optometria e oftalmologia, pois permite identificar erros de refração com medições rápidas e precisas dos pacientes. Os resultados podem ser visualizados em uma tela a cores e os dados são transmitidos a uma impressora, com o corte automático do papel.

Tonômetro

O tonômetro é outro equipamento oftalmológico muito importante, pois permite a medição da pressão ocular — que, quando elevada, pode ocasionar problemas graves (como o glaucoma). Esse dado também é essencial em algumas avaliações pré-operatórias, por isso a manutenção do aparelho deve estar sempre em dia.

Oftalmoscópio e retinoscópio

Embora sejam mais simples, esses artigos também se mostram fundamentais para o dia a dia do médico da área. O oftalmoscópio, por exemplo, possibilita que o profissional observe o fundo de olho de maneira direta e precisa quando o meio ótico estiver transparente.

Já o retinoscópio, como o próprio nome já diz, permite uma avaliação precisa da retina e de estruturas adjacentes. Ele ajuda na verificação de vários erros refrativos de forma objetiva e manual.

Biômetro

O biômetro é um aparelho oftalmológico usado para determinar a potência de lentes intraoculares, podendo ser facilmente integrado a um computador fixo ou portátil — onde as informações obtidas são transferidas para os registros eletrônicos. O equipamento é fundamental em cirurgias refrativas, como a de catarata.

Ecógrafo ocular

O ecógrafo ocular é um aparelho que possibilita a determinação do comprimento axial. Ele também permite o estudo das estruturas anatômicas do globo, sobretudo o humor vítreo, a retina, a coróide e o disco ótico.

Com esse item, o oftalmologista pode obter imagens em alta resolução, com zoom e sem distorções, tudo em tempo real. Trata-se de um equipamento muito utilizado no diagnóstico, acompanhamento ou tratamento de várias patologias de retina.

Como tornar a clínica oftalmológica mais rentável?

Quer aumentar a rentabilidade da clínica? Acompanhe os tópicos a seguir e descubra como proceder.

Organize e centralize as informações

A primeira sugestão para tornar a clínica oftalmológica mais rentável é organizar e centralizar as informações, pois isso garante um controle mais rígido do empreendimento e evita prejuízos desnecessários. Para tanto, uma alternativa interessante é a adoção de um sistema de gestão, que agiliza os atendimentos e aumenta a produtividade de toda a equipe.

Escolha bem os funcionários

Escolher bem os funcionários também é muito importante, visto que eles são parte fundamental do negócio. Por exemplo: a recepcionista é a primeira linha de contato com os pacientes e, quando bem preparada, ajuda a elaborar a agenda, minimizar faltas, organizar a rotina e facilitar seu dia a dia.

Marque presença na internet

Por fim, além de investir em aparelhos oftalmológicos, é muito importante marcar presença na internet, sobretudo nas redes sociais. Hoje em dia, a maioria dos seus pacientes utilizará a web, portanto você pode ganhar autoridade e notoriedade no segmento ao postar conteúdos em consonância com o Código de Ética Médica.

Como vimos, tornar a clínica oftalmológica mais rentável é um desafio que pode ser vencido especialmente se você adotar boas práticas no seu consultório. Lembre-se de que apostar em equipamentos oftalmológicos de boa qualidade pode ser um excelente diferencial!

E então, aprendeu como tornar a clínica oftalmológica mais rentável? Quer comprar aparelhos oftalmológicos de ponta? Não perca mais tempo e entre em contato conosco!

Soluções em Oftamologia OptovisionPowered by Rock Convert

Você também pode gostar

3 Comentários

  • Reply Como fazer um planejamento estratégico para consultório de oftalmologia? - Optivision BrasilOptivision Brasil 07/01/2019 at 08:14

    […] atender às expectativas do mercado e manter um consultório, no que se refere à rentabilidade satisfatória, é preciso que os gestores tracem estratégias gerenciais eficientes, como […]

  • Reply Telemedicina: a nova referência no mercado de saúde - Optivision BrasilOptivision Brasil 17/01/2020 at 08:16

    […] a satisfação e aumenta a receita do […]

  • Reply Lâmpada de fenda: Os melhores equipamentos para realizar o exame de biomicroscopia - Optivision BrasilOptivision Brasil 14/02/2020 at 09:14

    […] O exame da lâmpada de fenda é um procedimento de diagnóstico padrão, também conhecido como biomicroscopia. Combinada com um microscópio, essa lâmpada emite uma luz muito brilhante, capaz de mostrar seus olhos em 3D ao oftalmologista, por dentro e por fora. […]

  • Deixe uma resposta

    Scroll Up