Blog

OptoSLT Nano versus OptoSLT M – como escolher e por quê?

23/07/2020

A tecnologia trabeculoplastia seletiva a laser, ou simplesmente SLT, é usada para gerenciar e diminuir a pressão intraocular associada ao glaucoma, principal causa de perda irreversível da visão em todo o mundo.

Os lasers usados para esse procedimento, como Opto SLT M e Opto SLT NANO, não são invasivos e podem reduzir a pressão intraocular do glaucoma de ângulo aberto. Mas, qual dos dois é o melhor?

Neste artigo, esclarecemos mais sobre esses equipamentos da Optotek Medical, empresa eslovena especialista em soluções ópticas inovadoras, subsidiária da Quantel Medical e integrante do grupo Lumibird, uma das maiores fabricantes de laser em todo o mundo.

Os dados contidos neste artigo mostrarão a importância desse investimento para o seu consultório e para seus pacientes.

Por que investir na tecnologia trabeculoplastia seletiva a laser

Com a irradiação de baixa energia promovida pelo Opto SLT M e Opto SLT NANO, preserva-se as estruturas oculares adjacentes não pigmentadas e evoca a resposta de citocinas, que, por sua vez, ativa os macrófagos que limpam as células danificadas.

Por fim, o aumento da porosidade da malha trabecular restaura a saída aquosa equilibrada, reduzindo a pressão intraocular, causada por um bloqueio ao fluido no interior do olho.

Leia também: as vantagens e possibilidades do atendimento médico a distância

Melhores equipamentos SLT

Contar com equipamentos que promovam o melhor desempenho para estimular os mecanismos naturais de defesa e cura do corpo pode ser determinante na eficácia de uma intervenção como a trabeculoplastia seletiva a laser.

Por isso, o mercado oftalmológico global investe nas tecnologias desenvolvidas pela Optotek Medical, dado seu compromisso em tornar o tratamento do glaucoma mais seguro e mais eficaz para pacientes em todo o mundo.

Veja a seguir as características destes lasers SLT, fornecidos com exclusividade pela Optivision.

Leia também: os benefícios da tecnologia na relação médico-paciente

OptoSLT M: potente, compacto e com precisão incomparável

As soluções técnicas avançadas do OptoSLT M permitem um ajuste fino da energia que será usada no tratamento do glaucoma de ângulo aberto, com destaque para a tecnologia FES (Fine Energy Setting).

O sistema utilizado é um laser Nd: YAG com frequência Q comutada que emite pulsos curtos em níveis de 0,2 a 2,6 mJ em 33 divisões de escala, no comprimento de onda de 532 nm.

A Optotek investiu em um equipamento altamente seguro e confiável, e incorporou a tecnologia PPS ™ para fornecer energia de saída estável superior ao padrão do mercado. Além de promover um atendimento mais rápido, esse equipamento confere mais precisão e estabilidade para a prática.

Leia também: descubra qual é o laser de fotocoagulação mais adequado para você

Diferenciais do OptoSLT M

 

  • e-SlitLight ™ – LED de alta potência

 

O OptoSLT M reduz a necessidade de substituir as lâmpadas de fenda tradicionais, já que a lâmpada de fenda LED e-SlitLight possui uma durabilidade maior, com milhares de horas de luz branca brilhante.

Esse tipo de iluminação aprimora as cores, detalhes e contraste e, portanto, melhora significativamente a imagem exibida pelo equipamento. Outra vantagem é que sua emissão de calor mínima torna o tratamento confortável, até mesmo para pacientes com olho seco.

 

  • Desempenho que melhora a produtividade

 

A cavidade a laser OptoSLT M atrelada a configurações otimizadas do sistema fornece uma taxa de repetição em 3 Hz. Essas funções aceleram o tratamento que, por sua vez, deixam o oftalmologista mais produtivo. Além disso, médico e pacientes sentem mais conforto.

 

  • Versátil e adaptável

 

Seu design portátil permite o deslocamento do mesmo para outra bancada. Outra característica forte dessa tecnologia é que os botões de configuração de energia fina situados ao lado do joystick para o manuseio, facilitando a adaptação ao médico.

Leia também: equipamentos que todo consultório oftalmológico precisa ter

OptoSLT nano: multifuncional, melhor estabilidade energética e fácil de usar

Inovador, o OptoSLT nano da Optotek Medical é o primeiro equipamento de 1ns (trabeculoplastia seletiva a laser) e o primeiro SLT bombeado por diodo no mercado óptico.

Assim como o OptoSLT M, o nano adota a tecnologia PPS ™ que promove mais estabilidade de pulso a pulso de ± 2,5%, reduzindo a duração do pulso do laser para 1 ns sem comprometer os eficientes resultados. O PPS otimiza os procedimentos SLT, tornando-os mais rápidos (até 5 Hz) e seguros do que as demais tecnologias a lasers existentes no mercado oftalmológico.

Leia também: os benefícios do microscópio cirúrgico OM-19 e OM-9

Diferenciais do OptoSLT nano

 

  • Mais eficiente

 

Seus níveis de energia variam entre 0,2 a 2,0 mJ e a fonte dessa tecnologia trabeculoplastia seletiva a laser de estado sólido bombeado por diodo torna o OptoSLT nano mais estável, preditivo e eficiente do que os clássicos da linha, cuja fonte é bombeada por lâmpada flash.

 

  • Compatível com lâmpada de fenda

 

Multifuncional, esse laser possui configuração dupla, portanto, pode ser incorporado à maioria dos modelos de lâmpada de fenda do tipo Haag Streit e alguns modelos Zeiss para facilitar

 

  • Intuitivo e fácil de manejar

 

O display do OptoSLT nano é colorido e fácil de usar, simplificando o processo de aprendizado do oftalmologista, o que também serve para otimizar e acelerar os atendimentos. Essa vantagem pode significar ainda mais pacientes em um menor espaço de tempo.

 

  • Seguro e inovador

 

A tecnologia do Opto SLT nano conta com um sistema personalizado de ativação, deixando a usabilidade ainda mais segura, já que todos os usuários deste equipamento devem inserir um código de chave eletrônica para ativá-lo. Além disso, dispõe de uma plataforma inovadora de docking station.

 

  • Portátil e conveniente

 

Pesando apenas 5,4kg, o laser OptoSLT nano é compacto e pode ser facilmente transportado pelo oftalmologista de um espaço para outro. Adquirindo esse equipamento, você conseguirá ampliar seu atendimento para outros consultórios.

Qual OptoSLT escolher?

Ambas as soluções são peças chave no combate ao glaucoma, mas há distinções entre elas que devem ser levadas em consideração na hora de escolher o equipamento ideal para o seu consultório.

A lâmpada de fenda LED e-SlitLight do OptoSLT M, por exemplo, reduz a frequência de substituição das lâmpadas tradicionais, o que reflete no custo de manutenção.

Já o OptoSLT Nano é compacto e pode ser transportado facilmente, ampliando os seus atendimentos e, por sua vez, gerando mais receita. E aí? Ficou mais fácil escolher?

Se ainda tem dúvidas, entre em contato com o nosso time , que pode recomendar o melhor OptoSLT para a sua clínica.

Soluções em Oftamologia OptovisionPowered by Rock Convert

Você também pode gostar

Sem Comentários

Deixe uma resposta

Scroll Up